Luiz Fara Monteiro Shows de rock em Ribeirão elevam tráfego de passageiros no Aeroporto Leite Lopes

Shows de rock em Ribeirão elevam tráfego de passageiros no Aeroporto Leite Lopes

Bandas Guns'N'Roses e Iron Maiden foram as principais atrações

Shows de rock em Ribeirão: dois mil passageiros a mais em relação às semanas anteriores

Shows de rock em Ribeirão: dois mil passageiros a mais em relação às semanas anteriores

Divulgação

O fim de agosto e início de setembro foram marcantes para a área de turismo e lazer em Ribeirão Preto, com shows das bandas Guns’N’Roses e Iron Maiden, no Arena Eurobike, que levaram milhares de fãs ao delírio. Nestas duas datas, o Aeroporto Leite Lopes, sob concessão da Rede VOA, recebeu dois mil passageiros a mais em relação às semanas anteriores.

Foi a primeira vez também que um Boeing 757 pousou no Aeroporto Leite Lopes, trazendo a banda Guns’N’Roses à cidade. Sob concessão, o aeroporto ganhou nova reclassificação, permitindo o pouso de aeronaves maiores e autonomia para receber voos internacionais.

“Sem dúvida alguma, é um prazer receber os músicos e seus fãs em nosso aeroporto. Esses eventos trazem benefícios para toda a cidade, gerando negócios e oportunidades”, afirma o coordenador regional da Rede VOA,  Gilberto Lago. 

O presidente da Rede VOA, Marcel Moure, ressalta que Ribeirão Preto é a região que mais recebeu investimentos da concessão. “Nestes primeiros meses de concessão, serão investidos R$ 4 milhões em obras de infraestrutura tanto no terminal de passageiros como no sítio aeroportuário e é uma honra sentirmos que isso já se reverte em benefício para a cidade”, afirma. Durante os 30 anos de concessão, o aeroporto de Ribeirão Preto receberá R$ 130 milhões em investimentos.

A Rede VOA é concessionária de 16 aeroportos em todo o estado de São Paulo e visa integrar a aviação regional, com incremento em voos comerciais, executivos e criar negócios em seus sítios aeroportuários. A rede está presente nos aeroportos de Ribeirão Preto, Franca, São Carlos, Araraquara, Bauru-Arealva, Marília, São Manoel, Avaré-Andu, Sorocaba, Campinas, Registro, Itanhaém, Jundiaí, Bragança Paulista, Ubatuba e Guaratinguetá.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas