Universidade Federal de Rondônia adotará Projeto Motociclismo com Segurança como curso de extensão universitária

Acervo André Garcia

Em 2015 com a duplicação da rodovia BR-425, pelo DNIT, que liga BR 364 à Guajará-Mirim, no Estado de Rondônia, surgiu a necessidade de ações para diminuir o quantitativo de acidentes de trânsito envolvendo motociclistas.

Tendo como paradigma o Projeto Motociclismo com Segurança e textos sobre o tema de segurança viária com foco em motocicleta do advogado, jornalista especializado em duas rodas e especialista em segurança trânsito - André Garcia, o Professor Renato Pinto de Almeida Neto dedicou 20 horas dentro da disciplina “Ética e Educação Ambiental” no curso de bacharelado em Gestão Ambiental da Universidade Federal de Rondônia - UNIR para discutir ações de segurança viária, realizar palestras dentro e fora do campus, realizando várias ações, inclusive, nas escolas estaduais, confeccionando material didático que foi distribuído na cidade em parceria com a Secretaria Municipal de Trânsito.

Prof. Renato em ação no curso de formação de Instrutor de Pilotagem YRA

Prof. Renato em ação no curso de formação de Instrutor de Pilotagem YRA

Acervo André Garcia

O feito se repetiu em 2016 e em 2017 ganhando reforço do setor de Educação no Trânsito do DETRAN do Estado.

Para 2018 a UNIR por meio do Departamento Acadêmico de Ciências Sociais e Ambientais, o projeto se tornará um curso de extensão universitária que  adotará integralmente, inclusive o nome, Projeto Motociclismo com Segurança até sua institucionalização como política pública da Universidade para todo o Estado de Rondônia com a continuidade da contribuição de André Garcia a distância e presencialmente nas ações de segurança que contará com aulas práticas de pilotagem, além de palestras e aulas de ponto cego, levando cada cidadão a reflexão de que “Não há razão, quando se ganha uma lesão”, mostrando a importância da escolha do produto, sua manutenção, adoção de equipamentos de segurança individual e principalmente uma postura ética para consigo e todos os usuários da via pública.

Em ação fazendo dupla com André Garcia que realizava reciclagem

Em ação fazendo dupla com André Garcia que realizava reciclagem

Acervo André Garcia

André Garcia em suas palestras afirma que não é a motocicleta perigosa, mas a ação humana. O homem detentor do livre arbítrio é o maior responsável pelo resultado da utilização de qualquer máquina.

Por isso, recentemente, em novembro, dias que antecederam o Salão Duas Rodas, Professor Renato esteve em São Paulo para curso de instrutor de pilotagem oferecido pela Yamaha Motor do Brasil em parceria inédita no Brasil, que contou ainda, com apoio de empresários locais como Frios Guajará e Bingool Motos e Náutica que viabilizaram a viagem e estadia do educador na cidade paulista.

Prof. Renato cobrando postura adequada de aluno soldado do Batalhão de SBCampo da Polícia Militar

Prof. Renato cobrando postura adequada de aluno soldado do Batalhão de SBCampo da Polícia Militar

Acervo André Garcia

Durante os dias de curso, André Garcia com o modelo MT-07 (leia o teste aqui), cedido pela Yamaha, se deslocou com o docente cumprindo os objetivos de deslocamento rápido, seguro e com economia.

Da esquerda para direita: André Garcia, Gordon (Diamar), Betão (Instrutor Yamaha), Prof. Renato e Shoji (mecânico na Diamar)

Da esquerda para direita: André Garcia, Gordon (Diamar), Betão (Instrutor Yamaha), Prof. Renato e Shoji (mecânico na Diamar)

Acervo André Garcia

Sobre a parceria com a UNIR , André Garcia afirma que: “é um reconhecimento importante, resultado de muita dedicação, trabalho e ética que as duras penas conquistou credibilidade, dado a sua postura, mesmo em temas polêmicos como adoção do sistema ABS para o segmento de baixa cilindrada.”

Que venha 2018!!!!