ANOTE E APRENDA: DICAS RÁPIDAS DE PORTUGUÊS!

Amoral ou imoral? “Afim de” ou “a fim de”? “Há cerca de” ou “a cerca de”?

Todos os dias, recebo dezenas de mensagens com dúvidas em relação às regras da Língua Portuguesa.

Para algumas, faço uma explicação mais detalhada, pois são questões polêmicas, caracterizadoras do registro brasileiro de nosso idioma. Para outras, pontuo a regra com base no entendimento e não apenas da famosa “decoreba”. O mais importante mesmo é sempre saber quando e como devemos usar o Português. Hoje, separei algumas dicas pontuais em resposta às dúvidas que chegaram por e-mail e mensagem nas mídias sociais.

1. Qual a diferença entre AMORAL e IMORAL?

AMORAL: aquele ou aquilo que é desprovido de moral, sem senso de moral.
Ex.: "Com essa atitude, ele prova o quanto é amoral."

IMORAL: contrário aos bons costumes, indecente, libertino.
Ex.: "Não tem jeito, ficar brigando em público desse jeito, pra mim, é imoral"

Obs.: vale registrar que usamos muito mais a palavra imoral, mesmo quando estamos nos referindo a pessoas que são "desprovidas de moral". As duas palavras, atualmente, têm usos bastante similares. Porém, ainda estão no dicionário com conceitos um pouco diferentes.

-----------------

2. Qual a diferença entre AFIM (junto) para A FIM (separado)?

AFIM (junto): que apresenta afinidade; semelhança.
Ex.: "Para ser aprovado, o projeto precisa ser desenvolvido em uma área afim"

A FIM DE (separado): com a finalidade de; para.
Ex.: "Ele foi mais cedo pra faculdade a fim de estudar para a prova."

-----------------

3. Qual a diferença entre A CERCA DE, ACERCA DE e HÁ CERCA DE?

A CERCA DE (separado): significa "a uma distância aproximada de"
Ex.: "Minha irmã mora a cerca de 20 quilômetros de minha casa"

ACERCA DE (junto): significa "sobre, a respeito de"
Ex.: "Hoje, vamos falar acerca de um aspecto gramatical do Português"

HÁ CERCA DE (com H): significa "faz aproximadamente" (é uma relação de tempo)
Ex.: "Há cerca de dois meses, não encontro a pessoa que amo."

-----------------

O importante não é você decorar, mas ler o que está escrito. Cada palavra tem um significado. Elas não são escritas “juntas ou separadas” pra complicar sua vida. Pelo contrário. Elas apenas representam “coisas” diferentes.

Insisto em dizer a você: ter o domínio da FALA e da ESCRITA é uma habilidade excelente para todos os usuários da língua, envolvidos em todas as profissões. Estude o Português com mais prazer e menos obrigação. Assim, talvez, você possa perceber que é um ótimo orador ou escritor. Deixe sua criatividade fluir!