R7 Planalto Administrativa: votação é adiada para terça-feira com novo relatório

Administrativa: votação é adiada para terça-feira com novo relatório

Mudanças em relação às carreiras policiais e não inclusão de juízes e promotores causaram resistência entre deputados da comissão

  • R7 Planalto | Mariana Londres, do R7, em Brasília, e Flávio Moraes, da Record TV

Na imagem, Câmara dos Deputados

Na imagem, Câmara dos Deputados

Adriano Machado/Reuters - 14.09.2020

A votação do relatório da reforma administrativa na comissão especial, marcada para esta quinta-feira (16), foi adiada para terça-feira (21).

Após reunião nesta manhã com coordenadores de bancada do colegiado, o relator, deputado Arthur Maia (DEM-BA), resolveu retirar a complementação de voto protocolada na noite de ontem (15), voltando a valer o substituto original apresentado na semana passada.

A complementação de voto, entre outras mudanças, acabou com a possibilidade de redução de jornada e salário de servidores. 

Um novo texto deve ser apresentado até amanhã (17). Entre os pontos que causaram resistência até parlamentares favoráveis à proposta estão a ampliação de benefícios para as carreiras policiais, e o fato de ter deixado de fora juízes e promotores na reforma. 

Últimas