AGU entrega relatório de exame negativo de Bolsonaro para covid-19

Justiça havia determinado que presidente apresentasse o teste em si, dentro de 48 horas, após solicitação feita pelo jornal O Estado de S.Paulo

Na imagem, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

Na imagem, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

Ueslei Marcelino/Reuters - 29.04.2020

A AGU (Advocacia-Geral da União) informou, nesta quinta-feira (30), que enviou à Justiça Federal de São Paulo um relatório médico no qual comprova que Jair Bolsonaro (sem partido) se encontra “assintomático” e teve resultado negativo para covid-19. Trata-se de um relatório, portanto, e não do exame propriamente.

De acordo com a AGU, o relatório foi emitido em 18 de março pela Coordenação de Saúde da Presidência da República, “no qual é atestado que o presidente da República é monitorado pela respectiva equipe médica, encontrando-se assintomático, tendo, inclusive, realizado exame para detecção da Covid-19, nos dias 12 e 17 de março, com o referido exame dando não reagente (negativo)”.

Leia mais: Justiça autoriza jornal a acessar testes de covid-19 de Bolsonaro

Após apresentar o documento à Justiça, a AGU solicitou a extinção do processo.

Na última segunda-feira (27), a Justiça Federal decidiu que o jornal O Estado de S. Paulo tinha direito a ter acesso aos testes de covid-19 do presidente Jair Bolsonaro. A decisão foi proferida pela juíza Ana Lúcia Petri Betto, e o governo tinha prazo de 48 horas para fornecer o resultado.

O presidente fez o exame para Covid-19 duas vezes, em 12 e 17 de março, e informou que o teste deu negativo em ambas. Dias antes, Bolsonaro havia participado de uma missão oficial aos Estados Unidos – pelo menos 23 pessoas que acompanharam a comitiva foram diagnosticadas com a doença.