Lula

R7 Planalto Aos 89 anos, Delfim Netto pode, finalmente, ir para a cadeia

Aos 89 anos, Delfim Netto pode, finalmente, ir para a cadeia

Civil mais poderoso na época da ditadura militar, o economista sempre teve seu nome associado à corrupção  

  • R7 Planalto

Delfim Netto pode ser o mais novo octogenário a ser preso

Delfim Netto pode ser o mais novo octogenário a ser preso

Eduardo Knapp/Folhapress - 26.06.2017

É famosa a frase de Rui Barbosa: "Não se deixe enganar pelos cabelos brancos, pois os canalhas também envelhecem".  

Depois de José Maria Marin (85 anos) e Paulo Maluf (86) mais um octogenário brasileiro é alcançado pela lei.

A operação da Polícia Federal deflagrada, nesta sexta (9), contra Delfim Netto (89) mostra que a velhice está deixando de ser um refúgio para os que cometem crime.

Czar da economia durante ditadura militar, Delfim foi o civil que melhor encarnou a face corrupta daquele período. Apesar da violenta censura, seu nome aparecia com frequência em escândalos.

Passou incólume pelas denúncias.

A sagacidade e o brilhantismo cultural permitiram que a vida continuasse fácil, mesmo quando o PT chegou ao poder, em 2002. De adversário ferrenho virou conselheiro querido para Lula, e depois para Dilma. 

E, como se viu, hoje, os conselhos iam bem além da área econômica.   

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas