R7 Planalto Após crime da Vale, presidente do Ibram deixa o cargo

Após crime da Vale, presidente do Ibram deixa o cargo

Jerson Kelman ficou apenas duas semanas no comando do Instituto Brasileiro de Mineração, que representa as empresas do setor

Jerson Kelman deixa Ibram

Jerson Kelman deixou comando do Ibram

Jerson Kelman deixou comando do Ibram

Eduardo Anizelli/Folhapress - 30.03.2017

Eleito presidente do Ibram (Instituto Brasileiro de Mineração) no dia 18 de janeiro, o engenheiro Jerson Kelman decidiu renunciar ao cargo.

Bombeiro revela notícia que não quer dar: “Fim das buscas”

A decisão foi tomada na última sexta-feira, uma semana após o rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho (MG).

A assessoria de imprensa do Instituto não informou o motivo da decisão de Kelman, que já foi diretor da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica, ANA (Agência Nacional de Águas), presidente da Sabesp e do Grupo Light.

Após chuva, bombeiros retomam buscas por vítimas em Brumadinho

O Ibram é uma entidade privada que representa empresas de mineração do país.