Novo Coronavírus

R7 Planalto Após diagnóstico, Bolsonaro publica vídeo tomando hidroxicloroquina

Após diagnóstico, Bolsonaro publica vídeo tomando hidroxicloroquina

Presidente anunciou resultado positivo para covid-19 nesta terça-feira (7) e informou o uso do medicamento no combate à doença

  • R7 Planalto | Plínio Aguiar, do R7

Bolsonaro anuncia resultado positivo para covid-19

Bolsonaro anuncia resultado positivo para covid-19

Reprodução/Via Reuters - 07.07.2020

Após anunciar o diagnóstico positivo para covid-19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) compartilhou um vídeo na tarde desta terça-feira (7) tomando a hidroxicloroquina.

“Bem, estou tomando aqui a terceira dose da hidroxicloroquina (risos). Estou me sentindo muito bem. Tava (sic) mais ou menos no domingo, bão (sic) na segunda, hoje, terça, tô (sic) melhor que sábado. Com toda certeza, tá (sic) dando certo”, afirmou Bolsonaro.

Leia mais: 'Estou perfeitamente bem', diz Bolsonaro após diagnóstico de covid

Em seguida, o presidente ingere o medicamento e toma um copo d’água. “Sabemos que hoje em dia existem outros medicamentos que podem ajudar o combate ao coronavírus. Sabemos que nenhum tem a sua eficácia cientificamente comprovada, mas uma pessoa que tá (sic) dando certo. Então, eu confio na hidroxocloroquina, e você? Valeu. Tamo (sic) junto”, acrescentou.

Por volta de 12h, Bolsonaro anunciou em entrevista que foi diagnosticado com coronavírus. “Estou perfeitamente bem”, disse. O presidente, na ocasião, informou que adotou o uso de hidroxicloroquina e azitromicina em seu tratamento contra a covid-19. O mandatário cancelou a agenda da semana e viagens previstas para quinta (9) e sexta-feira (10).

Hidroxocloroquina
A OMS (Organização Mundial de Saúde) anunciou no último sábado (4) que irá descontinuar os testes com a hidroxicloroquina, uma vez que o medicamento não reduz a mortalidade de pacientes hospitalizados com a covid-19.

Veja também: Hidroxicloroquina falha em evitar covid-19 em novo estudo

A organização disse, também, que a decisão se aplica apenas aos testes realizados em casos de hospitalização, e não afeta possível avaliação de outros estudos do uso do medicamento em pacientes não-hospitalizados e na profilaxia pré ou pós-exposição ao vírus.

Últimas