R7 Planalto Após fala de Guedes, chanceler conversa com embaixador da China

Após fala de Guedes, chanceler conversa com embaixador da China

Ministro da Economia disse que “chinês inventou o vírus” da covid-19 e que as vacinas são menos efetivas que as dos Estados Unidos

Yang Wanming e Carlos França, em foto de 2019

Yang Wanming e Carlos França, em foto de 2019

Reprodução Twitter

Após declarações do ministro Paulo Guedes (Economia) sobre a covid-19, o ministro das Relações Exteriores, Carlos França, conversou por telefone nesta quarta-feira (28) com o embaixador da China em Brasília, Yang Wanming.

A conversa foi divulgada pelo embaixador nas redes sociais. “Concordamos em reforçar ainda mais a confiança política mútua num ambiente sadio e amigável, implementar os consensos entre os chanceleres, e continuar a nossa parceria de vacinas”, afirmou Wanming.

 

Guedes x China
No dia anterior, o ministro Paulo Guedes afirmou durante reunião do Conselho de Saúde Suplementar que “o chinês inventou o vírus” da covid-19 e que as vacinas desenvolvidas pela China são menos efetivas que aquelas desenvolvidas pelos Estados Unidos.

Após repercussão negativa, Guedes disse que usou ‘imagem infeliz’. “Eu estava em uma reunião interna e estávamos falando sobre a necessidade de o setor privado nos ajudar no combate à pandemia”, justificou.

Ainda na terça, o embaixador da China em Brasília rebateu o ministro e pontuou a importância do país asiático no combate à covid-19. "Até o momento, a China é o principal fornecedor das vacinas e os insumos ao Brasil, que respondem por 95% do total recebido pelo Brasil e são suficientes para cobrir 60% dos grupos prioritários na fase emergencial", escreveu, em suas redes sociais, sem citar Guedes nominalmente.

Últimas