STF

R7 Planalto Após mais de 40 dias, Alcolumbre convoca sessão da CCJ

Após mais de 40 dias, Alcolumbre convoca sessão da CCJ

Grupo discutirá emendas a serem apresentadas à CMO (Comissão Mista de Orçamento) referentes ao Ploa 2022

  • R7 Planalto | Plínio Aguiar, do R7

Na imagem, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP)

Na imagem, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP)

Roque de Sá/Agência Senado - 22.09.2021

Após mais de 40 dias de paralisação da comissão, e sob pressão de senadores e do Palácio do Planalto, o presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), convocou sessão para esta quarta-feira (10).

Na pauta, estão a discussão e a votação das emendas a serem apresentadas pela CCJ à CMO (Comissão Mista de Orçamento) referentes ao Ploa (Projeto de Lei Orçamentária Anual) 2022. O relator é o senador Eduardo Braga (MDB-AM).

A convocação da sessão ocorre em meio à pressão feita por senadores para Alcolumbre pautar a sabatina de André Mendonça, indicado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a uma vaga no STF (Supremo Tribunal Federal).

A indicação de Mendonça está parada na CCJ há mais de três meses e Alcolumbre tem mantido a posição de não sabatiná-lo. Nos bastidores, ele trabalha pelo nome de Augusto Aras, atual PGR (procurador-geral da República), para o STF. 

Últimas