R7 Planalto Após polêmica, Bolsonaro será homenageado em Dallas

Após polêmica, Bolsonaro será homenageado em Dallas

Presidente irá aos Estados Unidos entre os dias 15 e 17. Viagem chegou a ser cancelada após boicote de prefeito de Nova Iorque

Após polêmica, Bolsonaro será homenageado em Dallas

Após polêmica, Bolsonaro será homenageado em Dallas

Após polêmica, Bolsonaro será homenageado em Dallas

BBC NEWS BRASIL

A homenagem que o presidente Jair Bolsonaro receberá da Câmara de Comércio Brasil-EUA será em Dallas, no Texas. O presidente viajará entre os dias 15 e 17 de maio. A mudança de local aconteceu após críticas e boicote ao presidente brasileiro pelo prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio.

Dallas, assim como Nova Iorque, é comandada por um prefeito democrata. Mas o Estado do Texas é majoritariamente republicano e mais conservador, o que deve evitar mais protestos contra Bolsonaro. A cidade de Dallas passa por eleições municipais. O primeiro turno foi no sábado (4).]

Leia mais: Bolsonaro bloqueia 44% do orçamento das Forças Armadas

Bolsonaro será homenageado com a premiação “Pessoa do Ano”. O evento ocorreria em Nova Iorque, mas a viagem de Bolsonaro chegou a ser cancelada  oficialmente na última sexta-feira (3). De acordo com o porta-voz da Presidência, o motivo do cancelamento era a "ideologização da atividade". Apesar do anúncio oficial, no domingo  (5) Bolsonaro disse a jornalistas na porta do Palácio da Alvorada que manteria a viagem aos Estados Unidos.

O boicote à Bolsonaro em Nova Iorque começou por dois locais, que se recusaram a receber o evento e pela desistência de patrocinadores. O prefeito Bill de Blasio chegou a pedir a um dos locais escolhidos que não recebesse o presidente por considerá-lo um "ser humano perigoso". Após a desistência de Bolsonaro, o prefeito comemorou em sua conta no Twitter.