Novo Coronavírus

R7 Planalto Autor quer instalação da CPI da covid-19 na próxima semana

Autor quer instalação da CPI da covid-19 na próxima semana

Senador Randolfe Rodrigues quer convocar os três ex-ministros da Saúde (Luiz Mandetta, Nelson Teich e Eduardo Pazuello)

  • R7 Planalto | Plínio Aguiar, do R7

Na imagem, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP)

Na imagem, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP)

Marcos Oliveira / Agência Senado / 11.07.2019

Autor da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da covid-19, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) quer que a instalação do colegiado ocorra na próxima semana, no dia 22.

“Falei ainda ontem com o presidente Rodrigo Pacheco e ele manifestou que a intenção dele é a instalação imediata da CPI, o que seria na semana que vem. Falei hoje com o Otto Alencar, membro mais idoso, e disse que está pronto e a disposição para quando for a sessão for chamada”, afirmou Randolfe.

"Sendo assim, acho que é razoável pensar que a primeira sessão seja na próxima quinta-feira. Inclusive falei isso com o presidente. Temos uma sessão do Congresso, feriado, então acho razoável a instalação na quinta. Consultei boa parte dos membros da CPI e estão de pleno acordo de virem e fazerem a reunião presencial para a instalação", acrescentou.

Randolfe também informou que, assim que a comissão for instalada, quer convocar os ex-ministros da Saúde (Luiz Mandetta, Nelson Teich e Eduardo Pazuello) para depor. O senador acrescentou que secretários de Saúde também podem ser chamados.

O Senado Federal definiu na última quarta-feira (14) a composição da CPI da covid com a confirmação do bloco dos partidos aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Os 11 titulares da comissão serão responsáveis por investigar a atuação do governo federal no combate à pandemia da covid-19, em especial as ações relacionadas ao colapso do sistema de saúde de Amazonas, em janeiro deste ano, e os repasses de verbas federais a estados e municípios.

Com todas as indicações, agora o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), poderá convocar a reunião de instalação. O governo de Bolsonaro tenta adiar a abertura da CPI, uma vez que a maioria dos membros são de oposição.

Pacheco marcou para a próxima segunda-feira e terça-feira, dias 19 e 20, sessões do Congresso Nacional. Na ocasião, os congressistas deverão votar PLN e vetos feitos por Bolsonaro. No dia seguinte, quarta-feira (21), será comemorado o Dia de Tiradentes. Portanto, a próxima sessão a ser feita pelos senadores deverá ocorrer na quinta, com a expectativa de ser realizado o primeiro encontro dos membros da CPI.

Últimas