R7 Planalto BC atrasa divulgação de estatísticas e greve será decidida hoje

BC atrasa divulgação de estatísticas e greve será decidida hoje

Servidores farão assembleia às 14h e podem entrar em greve. Roberto Campos Neto cancela compromissos para tentar reverter

  • R7 Planalto | Mariana Londres, do R7, em Brasília

BC atrasa divulgação de estatísticas e greve será decidida hoje

BC atrasa divulgação de estatísticas e greve será decidida hoje

REUTERS/Adriano Machado-29/10/2019

A paralisação dos servidores do Banco Central tem impactado em um dos serviços essenciais da autoridade monetária, a elaboração e divulgação de relatórios semanais e mensais. Nesta segunda (28) o Bacen atrasou mais uma vez a publicação da pesquisa Focus. Outro impacto é que as estatísticas mensais do Setor Externo, Monetárias e de Crédito e Fiscais, divulgadas sempre na última semana do mês, podem não ser divulgadas nesta semana.

Leia também: Saque do dinheiro esquecido tem nova repescagem neste sábado (26)

Os servidores do BC fazem paralisações diárias de quatro horas, das 14h às 18h, desde 17 de março e hoje irão votar em assembleia às 14h se entrarão em greve por tempo indeterminado a partir de 1º de abril. Diante da possibilidade real de uma paralisação total, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, cancelou compromissos para se dedicar às negociações.

A categoria não está satisfeita com o resultado da última reunião, na noite de sábado (26) com Roberto Campos Neto. Os servidores exigem um aumento de 26,3%, além da reestruturação da carreira. Mas o presidente da autoridade não apresentou uma oferta de aumento nos contracheques.

A pressão dos servidores do Banco Central começou no fim do ano passado, quando o presidente Jair Bolsonaro prometeu aumentos para policiais federais e rodoviários. As falas do presidente deixaram inqueitas outras categorias, como servidores da Receita e do Bacen. Até agora nenhum reajuste foi oficializado. 

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas