Bolsonaro desiste de dar novo cargo a Santini e esvazia Casa Civil

Em mensagem no Twitter, o presidente afirmou que será publicada no Diário Oficial da União medida que torna sem efeito a readmissão do servidor

Governo vai esvaziar poderes da Casa Civil

Governo vai esvaziar poderes da Casa Civil

GABRIELA BILó/ESTADÃO CONTEÚDO - 06/01/2020

O presidente Jair Bolsonaro publicou nesta quinta-feira (30), em sua conta no Twitter, que o Diário Oficial da União trará três medidas relacionadas à Casa Civil:

"- Tornar sem efeito a admissão do servidor Santini;
- Exonerar o interino da Casa Civil; e
- Passar o PPI da Casa Civil para o Ministério da Economia."

A principal medida é uma volta atrás no anúncio do governo de quarta-feira (29), de que o ex-secretário da Casa Civil, Vicente Santini, demitido por voar em aviões da FAB para Davos, na Suíça, e depois para a Índia, seria aproveitado em um novo cargo no mesmo ministério.

O PPI (Programa de Parcerias de Investimentos) sai da Casa Civil para o Ministério da Economia, esvaziando os poderes da pasta comandada por Onyx Lorenzoni.