R7 Planalto Bolsonaro recebeu apoio de ministros após pronunciamento de Moro

Bolsonaro recebeu apoio de ministros após pronunciamento de Moro

Seis ministros foram ao Planalto em gesto de apoio. Militares ficaram insatisfeitos com fala de Moro e preocupação agora é Guedes

  • R7 Planalto | Thiago Nolasco, da Record TV, com Mariana Londres

Bolsonaro rodeado de ministros durante coletiva de imprensa do Palácio do Planalto

Bolsonaro rodeado de ministros durante coletiva de imprensa do Palácio do Planalto

Alan Santos/PR - 24.4.2020

Após o pronunciamento do ex-ministro da Justiça Sergio Moro, em que ele fez graves acusações ao presidente Jair Bolsonaro, seis ministros que tinham um almoço marcado foram ao Palácio do Planalto demonstrar apoio ao presidente: o ministro da Economia, Paulo Guedes, da Cidadania, Onyx Lorenzoni, da Educação, Abraham Weintraub, da Agricultura, Tereza Cristina , da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas e das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. 

Ao chegarem, encontraram clima de apoio também por parte dos ministros militares palacianos, que não estavam felizes com as declarações de Moro. Eles trabalharam para mantê-lo no cargo, e mesmo assim, o ministro "caiu atirando" em direção ao Planalto.  

Além da saída de Moro, nos bastidores discute-se ainda um problema adicional que precisa ser resolvido: a animosidade entre os ministros Paulo Guedes e Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional. Marinho é um dos formuladores e entusiastas do Plano Pró-Brasil e Guedes reluta em aumentar investimentos que comprometam seu projeto de ajuste fiscal e a manutenção futura do teto de gastos. 

Últimas