R7 Planalto Bolsonaro sanciona lei que prorroga prazo para plano de mobilidade

Bolsonaro sanciona lei que prorroga prazo para plano de mobilidade

O governo federal argumenta, de acordo com um levantamento feito em 2018, que somente 5% dos municípios possuíam programas para a área

Bolsonaro sanciona lei que prorroga prazo para plano de mobilidade

Bolsonaro sanciona lei que prorroga prazo para plano de mobilidade

Isac Nóbrega/PR - 22.03.2020

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou nesta quarta-feira (20), sem vetos, a lei 14.000/2020, que prorroga os prazos para que as prefeituras elaborem os PMUs (Planos de Mobilidade Urbana).

Os planos devem tratar de temas como transporte público coletivo, circulação de carros e pedestres, acessibilidade para pessoas com deficiência e integração do transporte público com o privado.

Leia mais: RJ: integração entre transportes é chave para mobilidade urbana

Segundo a publicação no DOU (Diário Oficial da União), o PMU deverá ser elaborado até 12 de abril de 2022 para cidades com mais de 250 mil habitantes e até 12 de abril de 2023 para municípios com até 250 mil habitantes.

Caso o município não tiver plano no prazo fixado, poderá solicitar e receber recursos federais para a área da mobilidade urbana se for para aplicação na elaboração do próprio programa.

Veja também: Sob gestão do PSDB, Prefeitura de SP não cria nenhum km de ciclovia

O governo federal argumenta que somente 5% dos municípios possuíam planos de mobilidade urbana, de acordo com um levantamento feito em 2018.

*Com informações da Agência Câmara de Notícias

Últimas