R7 Planalto Bolsonaro veta proposta que suspende inclusão de nome no SPC

Bolsonaro veta proposta que suspende inclusão de nome no SPC

Ato foi publicado nesta quarta (1º) e ainda será analisado por deputados e senadores em sessão conjunta, podendo ser mantido ou derrubado

Jair Bolsonaro em cerimônia no Palácio do Planalto

Jair Bolsonaro em cerimônia no Palácio do Planalto

Isac Nóbrega/PR - 30.06.2020

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vetou integralmente nesta quarta-feira (1º) a proposta que suspendia, por 90 dias, a inclusão de novos inscritos em cadastros negativos como o SPC e Serasa.

O projeto de lei (675/2020), que foi aprovado pela Câmara dos Deputados no dia 9, previa a suspensão de devedores a partir de 20 março. No entanto, a matéria foi vetada integralmente por Bolsonaro, conforme publicação no DOU (Diário Oficial da União) nesta quarta.

Leia mais: Serasa dá desconto de até 90% para inadimplentes quitarem dívidas

Bolsonaro disse que ouviu o Ministério da Justiça e Segurança Pública, da Economia e a AGU (Advocacia-Geral da União) e, em sua justificativa, afirmou que a proposta “gera insegurança jurídica ao possibilitar a revisão de atos e relações jurídicas já consolidadas em potencial ofensa à garantia constitucional do ato jurídico previsto no artigo 5º da Constituição”.

Argumenta também que contraria o interesse público ante a potencialidade da medida em prejudicar o funcionamento do mercado de crédito e a eficiência dos sistemas de registro.

Veja também: Dívidas, financiamentos e investimentos: o que liquidar e o que postergar na quarentena

O veto ainda será analisado por deputados e senadores em sessão conjunta, podendo ser mantido ou derrubado.

*Com informações da Agência Câmara

Últimas