R7 Planalto Câmara adia para quarta reunião sobre futuro de Flordelis

Câmara adia para quarta reunião sobre futuro de Flordelis

Mesa Diretora avaliará parecer do corregedor, que recomendou encaminhamento do processo contra deputada para Conselho de Ética

  • R7 Planalto | Daniela Matos, da Record TV, com Plínio Aguiar, do R7

Na imagem, deputada federal Flordelis (PSD-RJ)

Na imagem, deputada federal Flordelis (PSD-RJ)

Michel Jesus/ Câmara dos Deputados - 22.05.2019

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados adiou para quarta-feira (28) a reunião que decidirá sobre o futuro da deputada federal Flordelis (PSD-RJ), denunciada como a mandante do assassinato de seu ex-marido, o pastor Anderson do Carmo.

O encontro estava marcado para esta terça-feira (27), no entanto, foi adiado para amanhã, às 9h. Não se sabe, ainda, o motivo do adiamento.

Leia mais: "Está sangrando, mas não vou desistir de lutar”, diz Flordelis

A reunião da Mesa Diretora tem como objetivo analisar o parecer feito pelo corregedor da Casa, deputado federal Paulo Bengston (PTB-PA), que recomendou o encaminhamento do caso de Flordelis para o Conselho de Ética. O processo pode levar à cassação do mandato da deputada.

Flordelis foi denunciada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro por suspeita de ser a mandante do assassinato do ex-pastor. A parlamentar foi denunciada por homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio duplamente qualificado, associação criminosa, uso de documento falso e falsidade ideológica. Por causa da imunidade parlamentar, não foi presa. Ela nega as acusações.

Últimas