Câmara aguarda manifestação do Planalto sobre adiamento do Enem

Líderes aguardam comunicado oficial. Caso não recebam comunicação, votarão a urgência do projeto de lei que adia o Enem 

Câmara aguarda manifestação do Planalto sobre adiamento do Enem

Câmara aguarda manifestação do Planalto sobre adiamento do Enem

Najara Araujo/Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados aguarda nesta quarta-feira (20) a manifestação do Palácio do Planalto sobre o adiamento do Enem. Caso o Planalto não se manifeste, irá analisar o requerimento de urgência para votar o adiamento do Enem. Isso porque os líderes não consideram a nota do Inep que confirma o adiamento do exame como uma comunicação oficial. 

O PL 2623/20, da deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), que está na pauta, estabelece o adiamento do Enem enquanto durarem as medidas sanitárias emergenciais decorrentes da pandemia. A matéria deve ser aprovada por maioria, conforme indicou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) em coletiva na tarde de ontem. 

O Senado aprovou ontem, por 75 votos a 1, o projeto que suspende a aplicação de provas e exames, como o Enem, durante calamidades.