R7 Planalto Câmara aumenta para R$ 135 mil valor do reembolso de deputados

Câmara aumenta para R$ 135 mil valor do reembolso de deputados

Despesas de saúde devem ser analisadas pela segunda-vice-presidência. Norma tem objetivo de dar mais autonomia

  • R7 Planalto | Plínio Aguiar, do R7

Plenário da Câmara dos Deputados

Plenário da Câmara dos Deputados

Cleia Viana/Câmara dos Deputados - 11.03.2021

Ato do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), aumentou de R$ 50 mil para R$ 135 mil o valor do reembolso de despesas de saúde de parlamentares a ser analisado pela segundo-vice-presidente da Casa.

“Os pedidos de reembolso cujos valores sejam de até R$ 135 mil poderão ser objeto de deliberação do segundo-vice-presidente”, afirma o ato, assinado na última segunda-feira (29).

Os pedidos de reembolso feitos por parlamentares são analisados pela segunda-vice-presidência, ocupada atualmente pelo deputado federal André de Paula (PSD-PE).

O esquema funciona da seguinte forma: se o valor do reembolso for até de R$ 50 mil, o pedido seria analisado apenas pelo segundo-vice-presidente. Caso a quantia fosse maior, precisaria de análise por toda a Mesa Diretora.

A nova norma, contudo, aumenta o valor que pode ser analisado apenas pelo segundo-vice-presidente para até R$ 135 mil. Se a quantia for maior, se faz necessário estudo pela Mesa Diretora.

Segundo o presidente da Casa, a norma tem o objetivo de dar maior autonomia para a segunda-vice-presidência.

Últimas