R7 Planalto Câmara decidirá nesta sexta se mantém prisão de Daniel Silveira

Câmara decidirá nesta sexta se mantém prisão de Daniel Silveira

Deputado federal pelo PSL-RJ foi detido por ataques e ameaças aos ministros da Supremo Tribunal Federal e pela defesa do AI-5

  • R7 Planalto | Plínio Aguiar, do R7, com Renata Varandas, da Record TV

Na imagem, deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ)

Na imagem, deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ)

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados - 11.12.2019

A Câmara dos Deputados realizará sessão às 17h desta sexta-feira (19) para apreciar o mandado de prisão expedido contra o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ).

A decisão foi tomada após reunião do colégio de líderes. A reportagem do R7 Planalto apurou que 13 dos 19 partidos encaminharam pela manutenção da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal).

Silveira foi detido após ordem do ministro Alexandre de Moraes, decisão que foi referendada pelo plenário da Corte. Nesta quinta, o juiz instrutor Aírton Vieira decidiu, durante audiência de custódia, que o deputado federal continuará preso.

O parlamentar será alvo de representação também no Conselho de Ética, grupo que será reativado após determinação da Mesa Diretora da Câmara.

Silveira também foi alvo de ação da PGR, que denunciou o parlamentar junto ao STF, por três crimes (coação no curso de processo e outros dois na Lei de Segurança Nacional). O órgão sugeriu, caso o deputado saia da prisão, a expedição de mandado de monitoração, a famosa tornolezeira, e o distanciamento do sujeito das instalações do STF.

Últimas