R7 Planalto Câmara homenageia Record TV pelos 66 anos de fundação 

Câmara homenageia Record TV pelos 66 anos de fundação 

Em sessão solene, Câmara dos Deputados faz homenagem à emissora que está há mais tempo em atividade no Brasil 

  • R7 Planalto | Mariana Londres, de Brasília

Câmara homenageia Record TV pelos seus 66 anos de fundação

Câmara homenageia Record TV pelos seus 66 anos de fundação

Record TV

A Câmara dos Deputados homenageou  nesta quarta-feira (25), em sessão solene, os 66 anos da Record TV. A cerimônia foi proposta pelo deputado Aroldo Martins (Republicanos-PR) e presidida pelo vice-presidente da Câmara, deputado Marcos Pereira (Republicanos-SP).

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (Dem-RJ), fez um discurso durante a sessão. 

— Trata-se da mais antiga televisão do País. Sua história, portanto, se confunde com a história do País. A televisão é um veículo que chega a quase a totalidade dos lares brasileiros. Vivemos num mundo de revolução tecnológica com muitas "fake news" e quem organizará essas informações serão os meios de comunicação com sinal aberto, de forma democrática.

Ocuparam a mesa durante a solenidade a atriz Beth Goulart, o diretor da Record Brasília, Luciano Ribeiro, o deputado Aroldo Martins (Republicanos-PR), o deputado Marcos Pereira (Republicanos-SP), o presidente da Record TV, Luiz Cláudio Costa, o presidente da Abratel, Márcio Novaes, e a apresentadora da Record TV Renata Alves.

O deputado Aroldo Martins lembrou da fundação da emissora em 1953 e falou da internacionalização da rede. 

— A Record TV é a mais antiga do Brasil e foi engendrada no nosso ventre. Hoje a Record Internacional está em mais de 150 países, é a maior televisão de língua portuguesa do mundo. 

A busca pela verdade dos fatos e a dedicação da empresa ao jornalismo foram ressaltados pelo presidente da Record TV, Luiz Cláudio Costa. 

— A Record TV sempre mostrou os fatos mais importantes do Brasil e do mundo. Sempre buscamos a verdade, esse é o nosso mandamento. O fato sempre será a notícia e a prova disso é que somos a TV aberta que mais tempo se dedica ao jornalismo. Estamos em todas as telas, em tempo real ou por demanda, pelo PlayPlus. Sempre estivemos ao lado do povo. A Record TV é do Brasil, é dos brasileiros. 

A apresentadora Renata Alves contou a própria história dentro da Record TV para dar um exemplo do que leva os telespectadores a se identificarem com a emissora. 

— Quando entrei na Record há 15 anos só pensei que a fonoaudióloga ia ter muito trabalho pra tirar o meu  sotaque. Mas quando cheguei a SP me pediram pra eu não mudar o meu sotaque em respeito à diversidade do Brasil. A Record faz com que as pessoas se enxerguem e sou muito honrada e muito grata por isso.

A teledramaturgia da Record TV foi representada pela atriz Beth Goulart, que considera a emissora uma família. 

— Fui recebida pela Record TV há dez anos de braços abertos, como em uma família e esse sentimento eu sinto nessa casa. Queria agradecer em nome de todo o elenco e de todos os funcionários que contribuem para a realização do trabalho, uma novela que chega dentro da sua casa.

Ela foi endossada pelo presidente da Abratel, Márcio Novaes. 

— Vale o destaque que a Record é uma família, fazendo algo que a televisão deixou de fazer, que é reunir as pessoas em torno da televisão.

O apresentador do Domingo Espetacular, Eduardo Ribeiro, lembrou as dificuldades no momento da troca de comando da empresa, na década de 90. 

— São 66 anos de uma rede de TV que conecta os brasileiros.  A sessão solene foi um momento de olhar pra trás e ver a importância dos pioneiros e na mudança de comando, ao transformar uma empresa deficitária em uma das 30 maiores empresas de TV do planeta. 

O vice-presidente da Câmara, deputado Marcos Pereira, falou da importância da homenagem. 

— É o reconhecimento do parlamento à excelente programação que a Record TV  leva às casas dos brasileiros. A Câmara não poderia deixar de passar essa data da emissora mais antiga em atividade no País.

História

Fundada em 1953, a Record TV é a emissora mais antiga em atividade do país.

Em 1991, ocorreu uma importante mudança no controle acionário da empresa e uma nova fase começou. A Record TV ampliou sua programação, mantendo o jornalismo como carro-chefe, e iniciou a formação de uma rede nacional.

Essa pulverização da emissora ajuda na aproximação com o telespectador, que além de contar com a programação nacional da Record TV, teve a oportunidade de acompanhar os acontecimentos locais com uma linguagem que valoriza a regionalização e os costumes.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas