R7 Planalto Cancelamentos unem William Waack, Neymar e Anitta

Cancelamentos unem William Waack, Neymar e Anitta

Cancelar é tipo linchamento, mas feito pelo pessoal da esquerda; não costuma funcionar, quando não causa o efeito contrário ao pretendido pelos haters

  • R7 Planalto | Marco Antonio Araujo, do R7

A cantora e o jogador já foram vítimas de cancelamentos em redes sociais

A cantora e o jogador já foram vítimas de cancelamentos em redes sociais

Reprodução

Essa cultura do cancelamento em redes sociais é mais uma das inutilidades criadas para preencher o vazia da vida digital. Só faz sucesso porque se alimenta de ódio, rancor e complexo de superioridade, matérias-primas encontradas em abundância na internet.

O equívoco maior da tática é o de normalmente amplificar, dar evidência (e até hipervisibilidade) a algo ou alguém que o desavisado hater (cancelador) queria ver humilhado, agredido ou expulso do convívio digital – e do mundo físico, nos casos mais psicopáticos.

O cancelamento é o linchamento do pessoal da esquerda namastê talibã – mas a turma tem vergonha de admitir o desrespeito aos direitos humanos cibernéticos de quem pensa diferente. Não passa disso, o direito de espernear ou fazer birra  sem ter de levantar do sofá.

Para não dizer que nunca deu certo, o funkeiro MC Gui teve shows cancelados após postar um vídeo no Instagram rindo de uma criança na Disney. Mas, na volta do cipó de aroeira, ganhou milhares de seguidores que defenderam o bullyng praticado pelo moleque.

O termo é recente, mais uma expressão importada dos americanos, relacionada ao movimento #MeToo – série de denúncias de assédio sexual que, a rigor, só destruiu a carreira do ator Kevin Spacey. Esse dançou bonito, de dar dó.

Por aqui, o “racista” William Waack, o “estuprador” Neymar e a “traíra do movimento LGBT” Anitta continuam com suas vidas normais e contas bancárias inacreditáveis. Para não falar de Alessandra Negrini, promovida a musa dos povos da floresta, das metrópoles, do boteco da esquina e do que mais ela quiser.

Últimas