R7 Planalto Carlos Bolsonaro aciona MP contra passaporte da vacina no Rio

Carlos Bolsonaro aciona MP contra passaporte da vacina no Rio

Medida teria início nesta quarta-feira (1º), mas foi adiada pela administração municipal, comandada por Paes, para o dia 15

Na imagem, vereador Carlos Bolsonaro (Rep-RJ)

Na imagem, vereador Carlos Bolsonaro (Rep-RJ)

Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro/ Divulgação

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) informou, nesta terça-feira (31), que acionou o MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) contra o ‘passaporte da vacina’ na capital fluminense.

A medida foi anunciada pela Prefeitura do Rio de Janeiro, comandada por Eduardo Paes (PSD), e prevê a exigência da apresentação do comprovante de vacinação contra covid-19 para a entrada em estabelecimentos fechados.

O passaporte da vacina teria início nesta quarta-feira (1º), mas a administração municipal adiou para o dia 15 de setembro, isso porque o aplicativo ConecetSUS, segundo o órgão, apresenta instabilidade para retirada dos certificados de imunização.

Bolsonaro comentou sobre o ofício em rede social. “Em reunião com o MPERJ, apresentei junto ao meu advogado, Antônio Carlos Fonseca, ofício demonstrando irregularidades da exigência do passaporte da vacina, para que o órgão competente possa adotar as providências cabíveis preservando direitos e garantias previstas na Constituição”, disse.

Últimas