R7 Planalto Celso de Mello dá 5 dias para Pazuello explicar sobre cloroquina

Celso de Mello dá 5 dias para Pazuello explicar sobre cloroquina

Solicitação ocorre após ação movida pela CNTS, que questiona as orientações sobre o medicamento publicadas em 20 de maio pelo Ministério da Saúde

  • R7 Planalto | Clebio Cavagnolle, da Record TV, com Plínio Aguiar, do R7

Ministro Celso de Mello durante sessão da 2ª turma do STF

Ministro Celso de Mello durante sessão da 2ª turma do STF

Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello deu o prazo de cinco dias para que o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, apresente informações sobre as orientações do governo federal sobre o uso da cloroquina contra o novo coronavírus.

A solicitação do ministro do STF ocorre após ação movida pela CNTS (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Saúde), que questiona as orientações publicadas em 20 de maio pelo Ministério da Saúde.

Leia mais: Ministério orienta cloroquina em crianças e gestantes com covid-19

O documento consta orientações sobre o uso do medicamento nos estágios iniciais da covid-19 e atendeu, na época, um desejo pessoal do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

No dia seguinte à divulgação do protocolo, o Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde) questionou em nota as orientações e pediu união entre os três níveis de governo – federal, estadual e municipal, no combate à pandemia da covid-19.

Celso de Mello deve dar uma resposta sobre a ação somente em agosto, quando o recesso do STF terminar.

Últimas