R7 Planalto "Cenário difícil", diz Moro após saída de Teich do Ministério da Saúde

"Cenário difícil", diz Moro após saída de Teich do Ministério da Saúde

Convidado por Jair Bolsonaro, Nelson Teich assumiu a pasta há menos de um mês, em 17 de abril, após demissão de Luiz Henrique Mandetta

Na imagem, Sergio Moro, ex-ministro da Justiça e Segurança Pública

Na imagem, Sergio Moro, ex-ministro da Justiça e Segurança Pública

Rafael Marchante/Reuters - 28.05.2019

Após a saída do ministro da Saúde, Nelson Teich, o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro classificou nesta sexta-feira (15) ser um “cenário difícil” para o país.

“Cenário difícil, em plena pandemia, 13.993 mortes até ontem. Números crescentes a cada dia. Cuide-se e cuide dos outros”, escreveu Moro em sua conta no Twitter.

Teich anunciou a demissão por meio de nota. Ele assumiu o Ministério da Saúde há menos de um mês, em 17 de abril, após a demissão de Luiz Henrique Mandetta.

Os dois ministros da Saúde foram fritados pelo governo federal por não concordarem com as medidas pregadas por Jair Bolsonaro (sem partido): isolamento social e o uso da cloroquina em pacientes com covid-19, respectivamente.

Moro também deixou o governo no dia 24 de abril e acusou o presidente de interferência na Polícia Federal.

Últimas