R7 Planalto Clube Militar do Rio acionará Justiça contra passaporte da vacina

Clube Militar do Rio acionará Justiça contra passaporte da vacina

Associação conta, contudo, que sócios deverão apresentar comprovante de imunização para entrar nas dependências 

Na imagem, Clube Militar do Rio

Na imagem, Clube Militar do Rio

Reprodução Facebook

O Clube Militar do Rio de Janeiro informou que acionará a Justiça contra o passaporte da vacina, medida que será implementada a partir do dia 15 de setembro.

General Eduardo José Barbosa, presidente do clube, disse que o objetivo é sustar os efeitos do decreto municipal no que diz respeito a associação. Entretanto, relata que para entrar no clube será exigido o comprovante de vacinação contra a covid-19.

A medida foi anunciada pela Prefeitura do Rio de Janeiro, comandada por Eduardo Paes (PSD), e prevê a exigência da apresentação do comprovante de vacinação contra covid-19 para a entrada em estabelecimentos fechados.

O passaporte da vacina teria início nesta quarta-feira (1º), mas a administração municipal adiou para o dia 15 de setembro, isso porque o aplicativo ConecetSUS, segundo o órgão, apresenta instabilidade para retirada dos certificados de imunização.

Últimas