R7 Planalto Congresso tem acordo para derrubar veto de prazo do IR

Congresso tem acordo para derrubar veto de prazo do IR

Com derrubada, prazo será estendido até 31 de julho e quem entregar após 31 de maio não deve pagar a multa prevista 

Congresso tem acordo para derrubar veto de prazo do IR

Congresso tem acordo para derrubar veto de prazo do IR

Marcello Casal JrAgência Brasil - 21.03.2019

Líderes do Congresso Nacional fecharam acordo nesta terça-feira (1º) para derrubar 17 vetos totais ou parciais do presidente Bolsonaro e manter outros 7 vetos, além de aprovar o PLN 4, que irá devolver R$ 19 bi a ministérios para contas essenciais.

Um dos vetos que deve ser derrubado, segundo o acordo costurado, é o veto do presidente à extensão do prazo de entrega das declarações de ajuste de Imposto de Renda para 31 de julho. Com a derrubada, volta a valer a extensão aprovada pelo Congresso. Como o prazo de entrega já se encerrou em 31 de maio, a tendência é que os contribuintes que entregarem entre 31 de maio e 31 de julho não paguem multa por atraso. 

Outros  vetos que devem ser derrubados e, portanto, os dispositivos aprovados pelo Congresso passarão a valer, são: a prioridade para mães chefes de família no recebimento do auxílio emergencial, a prorrogação de medidas emergenciais para o setor de cultura, a prorrogação da isenção da conta de luz no Amapá, as regras para acesso à internet nas escolas públicas e parte dos dispositivos da Lei de Licitações.

Devem ser mantidos os vetos a sete projetos, como o que derrubou o prazo de cinco dias para a Anvisa liberar vacinas contra a covid-19, ou da possibilidade de governadores comprarem vacinas contra covid-19 se a União não atender a demanda do Plano Nacional de Imunização. 

Últimas