R7 Planalto Cotado para o MEC, Renato Feder se encontra com Bolsonaro amanhã 

Cotado para o MEC, Renato Feder se encontra com Bolsonaro amanhã 

Secretário de Educação do Paraná vem a Brasília para encontro com o presidente. Nome é ligado à ala política do governo e ao Centrão

  • R7 Planalto | Thiago Nolasco, da Record TV, com Mariana Londres

Cotado para o MEC, Renato Feder se encontra com Bolsonaro

Cotado para o MEC, Renato Feder se encontra com Bolsonaro

Divulgação

Cotado para o MEC, o secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, virá a Brasília nesta terça-feira (23) para um encontro com o presidente Jair Bolsonaro. 

Feder é um dos nomes no radar do presidente Jair Bolsonaro para a pasta que foi de Abraham Weintraub, conforme o R7 Planalto antecipou. 

Uma eventual efetivação de Feder no MEC tiraria a pasta da chamada "ala ideológica" do Palácio do Planalto e a colocaria nas mãos da ala política, que ganha força no xadrez governamental com a aproximação do presidente aos partidos do Centrão.

A indicação de Feder está sendo feita com aval do PSD, partido do governador do Paraná, Ratinho Jr. O secretário também traria um perfil mais técnico para a pasta. 

Vale lembrar que o PSD, partido de Gilberto Kassab, ganhou recentemente a titularidade do recém recriado ministério das Comunicações, com até então deputado Fábio Faria, com bom trânsito na Câmara e elogiado pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A escolha de Faria, no entanto, foi pessoal do presidente da República, e não uma indicação do partido. 

Senado

Por parte do Senado, um nome que está sendo sugerido ao presidente é do senador Izalci Lucas (PSDB-DF). Professor e com vida política ligada à Educação, Izalci Lucas já foi cotado para a vaga na saída de Ricardo Vélez Rodriguez. Seu suplente é Luiz Felipe Belmonte, advogado que trabalha na criação do Aliança pelo Brasil, partido que Bolsonaro tenta criar. Se assumir a vaga, Belmonte, alvo da busca e apreensão na semana passada, ganha foro privilegiado. 

Últimas