Covid-19: Ministério da Educação antecipa quase 950 formaturas

Nordeste é a região com o maior número de colações de grau adiantadas: 386. Seguido de Norte (224), Sul (185), Centro-Oeste (134) e Sudeste (18)

Na imagem, o ministro da Educação, Abraham Weintraub

Na imagem, o ministro da Educação, Abraham Weintraub

RENATO COSTA /FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

O MEC (Ministério da Educação) antecipou, até esta quarta-feira (29), 947 formaturas na rede federal de alunos dos cursos de medicina, enfermagem, farmácia e fisioterapia.

De acordo com o portal do MEC, o número é destrinchado segundo a categoria: 792 médicos, 123 enfermeiros, 22 farmacêuticos e 10 fisioterapeutas.

Nordeste é a região com o maior número de formaturas antecipadas: 386. Seguido de Norte (224), Sul (185), Centro-Oeste (134) e Sudeste (18).

Leia mais: STF abre inquérito contra ministro da Educação por suposto racismo

A colação de grau pode ser antecipada aos alunos que tenham completado 75% da carga horária de estágio supervisionado ou internato médico.

Estes profissionais recém-formados vão complementar as horas de estágio com o período trabalhado em função da pandemia do novo coronavírus para conseguirem o registro profissional definitivo.