CPI da Covid

R7 Planalto CPI da Covid no Senado deve investigar negociação de vacina

CPI da Covid no Senado deve investigar negociação de vacina

Senadores esperam instalação nas próximas semanas, mesmo que trabalhos de investigação sejam iniciados posteriormente

  • R7 Planalto | Mariana Londres, de Brasília

Presidente Bolsonaro e equipe em reunião por vídeo com executivos da Pfizer, na última segunda-feira

Presidente Bolsonaro e equipe em reunião por vídeo com executivos da Pfizer, na última segunda-feira

Marcos Corrêa/PR - 08.03.2021

Líderes do Senado pressionam o presidente Rodrigo Pacheco (DEM-MG) a instalar a CPI da Covid e esperam que a comissão, para investigar as ações do governo federal no combate à pandemia, seja instalada nas próximas semanas. Um dos pontos que deve ser investigado, segundo o líder da minoria, Jean Paul Prates (PT-RN), é a negociação do governo com a Pfizer em agosto de 2020, quando o País teria recusado a oferta da farmacêutica de 70 milhões de doses para entrega em janeiro. 

O R7 Planalto apurou que senadores já falam em ir ao STF (Supremo Tribunal Federal), que pode determinar a instalação da comissão a exemplo do que aconteceu no passado, quando a ministra Rosa Weber determinou que o então presidente do Senado, Renan Calheiros (MDB-AL), instalasse a CPI da Petrobras. Mas, por enquanto, esse passo não será tomado, pois os parlamentares acreditam na instalação e já propõe que a CPI seja instalada, mesmo que não comece os trabalhos imediatamente. 

Esta seria uma forma de pressionar o governo a prestar informações e melhorar a gestão da pandemia, antes do início de uma investigação formal. 

O presidente do Senado tem resisitido a instalar a comissão, questionando se a instalação será eficaz ou se pode acabar desestabilizando mais as relações políticas. O requerimento de abertura da CPI foi protocolado em 4 de fevereiro. 

Últimas