CPI da Covid

R7 Planalto 'Cria prova contra ele', diz vice da CPI sobre Pazuello acionar STF

'Cria prova contra ele', diz vice da CPI sobre Pazuello acionar STF

Ex-ministro da Saúde entrou com habeas corpus para não ter compromisso de dizer a verdade em depoimento no dia 19

  • R7 Planalto | Plínio Aguiar, do R7

Na imagem, ex-ministro Eduardo Pazuello (Saúde)

Na imagem, ex-ministro Eduardo Pazuello (Saúde)

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil - 07.01.2021

O vice-presidente da CPI da covid-19, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirmou nesta quinta-feira (19) que a tentativa de o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello de se blindar em depoimento ao colegiado “é desnecessário e só acaba criando provas contra ele”.

“O senhor Eduardo Pazuello não é investigado, é testemunha. Eu acho desnecessário e isso só acaba criando provas contra ele. Melhor seria se ele viesse à CPI e aqui tranquilamente prestar seu depoimento e informações devidas”, afirmou Randolfe.

Mais cedo, a defesa informal de Pazuello, general da ativa do Exército, acionou o STF (Supremo Tribunal Federal) com habeas corpus para que não seja obrigado a prestar compromisso de dizer a verdade em depoimento na CPI e nem seja alvo de eventual ordem de prisão.

Apontado como principal alvo da CPI, Pazuello foi convocado para dar informações na próxima quarta-feira (19). Randolfe disse, ainda, que a decisão tomada pelo STF, independentemente de qual for, será respeitada pela CPI.

Últimas