R7 Planalto Decisão do STF sobre habeas corpus de Lula pode ser ruim para ele

Decisão do STF sobre habeas corpus de Lula pode ser ruim para ele

Depois do que aconteceu na semana passada, em Brasília, será difícil para o PT convencer o eleitor de que o ex-presidente é perseguido pelo Judiciário

Decisão do STF sobre habeas corpus de Lula pode ser ruim para ele

Decisão do STF tira de Lula o fato de ser vítima do Judiciário

Decisão do STF tira de Lula o fato de ser vítima do Judiciário

Paulo Lopes/Futura Press/Folhapress - 22.2.2018

Os petistas ainda estão em êxtase, mas a decisão do Supremo, no último dia 22, de livrar Lula da cadeia pode tornar-se um tirambaço no ex-presidente da República.

Desde que se viu atolado na lama da Lava Jato, Lula disse que era uma "vítima do Judiciário".

Uma narrativa (palavra adorada pela esquerda) que, embora não tivesse âncora na realidade fática, era propagandeada com gosto pelo PT. 

A vitimização do "maior presidente que este País já teve" renderia, sem dúvida, uma chuva de votos em 7 de outubro, que, no final de tudo, é o que todos procuram.

Esse discurso mambembe não cabe mais.   

Depois do teatro montado por alguns ministros do Supremo, só os convertidos ainda acreditam que Lula seja um pobre coitado, levado a passar momentos de angústia pelo tacão autoritário de homens togados.

Como falar em sanha persecutória contra o ex-presidente da República quando, como reclamou o próprio Antonio Palocci, seu pedido de habeas corpus passa na frente de todos os outros?

Como falar em discriminação ao mesmo tempo que ministros alegam compromissos pessoais para dar um salvo-conduto a Lula?

Na hora da onça beber água, o Supremo deixou evidente que existe, sim, uma "seletividade" no tratamento do Judiciário. E ela favorece poucos privilegiados. Alguns mais "iguais" do que outros. Que se mantêm ou tentam se manter inalcançaveis à lei que atinge a todos.

Lula é um deles.

E as urnas podem responder muito mal a isso.