R7 Planalto Eleição no Senado: PDT declara apoio a Rodrigo Pacheco

Eleição no Senado: PDT declara apoio a Rodrigo Pacheco

Senador pelo DEM-MG angariou, até então, nove partidos em torno de sua candidatura. Disputa ocorre no início de fevereiro

Na imagem, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG)

Na imagem, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG)

Reprodução Senado Federal

A bancada do PDT (Partido Democrático Trabalhista) declarou apoio ao senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), candidato à presidência do Senado Federal.

Em nota, o partido afirmou que considera que o postulante, apoiado pelo atual presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), tem as melhores condições de liderança para exercer o papel de presidir o Senado.

“Esse apoio não representa um alinhamento automático da bancada pedetista às pautas defendidas por todos os paridos que estão na base da candidatura do senador Rodrigo Pacheco”, disse.

“Em todas as conversas com o senador, o partido deixou claro que não abre mão da defesa de temas que considera fundamentais e sempre fizeram parte de sua história de luta, como a manutenção do estado democrático de direito, os ideais trabalhistas, a proteção à educação e saúde públicas de qualidade, o respeito aos direitos das minorias, com igualdade de oportunidade entre todos, independentemente do gênero, raça, credo ou origem, e a proteção dos mais vulneráveis”, acrescenta.

Pacheco reúne, assim, nove partidos em torno de sua candidatura (Republicanos, DEM, PT, PL, PP, PROS, PSD e PSC. Desconsiderando possíveis traições, o senador angariou 41 parlamentares - número necessário para vencer a eleição, que irá ocorrer no início de fevereiro. 

Últimas