Em SP, gabinete transformado em coworking produziu 200 projetos

Iniciativa da vereadora Janaina Lima, do Novo, permitiu, por exemplo, que crianças do Tatuapé, na zona leste de São Paulo, aprendessem rúgbi

Na foto, gabinete de Janaina Lima (Novo) transformado em coworking

Na foto, gabinete de Janaina Lima (Novo) transformado em coworking

Divulgação Janaina Lima (Novo)

Localizado no sexto andar da Câmara Municipal de São Paulo, o gabinete da vereadora Janaina Lima (Novo), transformado em coworking, produziu durante o primeiro ano de funcionamento cerca de 200 projetos.

A ideia saiu do papel no dia 25 de janeiro, data do aniversário de São Paulo, do ano passado. Desde então, empreendedores desenvolvem no espaço projetos voltados para a cidade de São Paulo. “É o primeiro gabinete coworking do mundo”, defende Lima.

Leia mais: Conheça como funciona e quais são as vantagens de um Coworking

Entre os projetos estão a lei de empreendedorismo nas escolas, que insere o ensino de conceitos de educação financeira, ética, livre iniciativa, sustentabilidade e cooperação; projeto de alimentos orgânicos nas instituições educacionais e o ‘Um só Caminho’, onde um professor de rúgbi leciona o esporte para crianças da região do Tatuapé, na zona leste da capital paulista.