R7 Planalto Filipe Sabará pede desfiliação do Novo e fim de candidatura em SP

Filipe Sabará pede desfiliação do Novo e fim de candidatura em SP

Empresário teve a candidatura indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral, após a Justiça acatar o pedido movido pelo próprio partido

Na imagem, o empresário Filipe Sabará

Na imagem, o empresário Filipe Sabará

Divulgação Filipe Sabará

O empresário Filipe Sabará oficializou, nesta quinta-feira (29), o pedido de desfiliação do partido Novo e o fim de sua candidatura à Prefeitura de São Paulo nas eleições municipais de 2020.

Sabará teve a candidatura indeferida pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) no último dia 25, após a Justiça acatar o pedido movido pelo próprio partido.

Leia mais: Sabará diz que foi expulso do Novo por defender ações de Bolsonaro

Um dia anterior, em 24, o Novo apresentou ofício para confirmar a renúncia da candidata à vice na chapa de Sabará, a economista Maria Helena. No mesmo documento, a sigla informa que não indicará novo candidato a vice, solicitando a exclusão da chapa do processo eleitoral.

O empresário, então, pediu desfiliação do partido e o fim de sua candidatura. “Fui ‘atropelado’ pelo Diretório Nacional, através do seu órgão chamado Conselho de Ética, que, devendo prezar pela ética, tentou, de todas as formas, por meio de processos claramente contraditórios e frágeis, me expor, ferir minha honra e me fragilizar”, diz Sabará.

Veja também: XP: Covas e Russomanno têm empate técnico em SP, diz pesquisa

“O que define as coisas e as pessoas não são seus nomes, mas sim suas atitudes. Não é porque um partido se chama Novo que suas ações serão modernas. A Nacional do partido tem revelado velhas práticas, postura autoritária e violadora dos mais básicos compromissos constitucionais”.

Últimas