R7 Planalto Flávio Bolsonaro nega ter sido informado sobre Furna da Onça

Flávio Bolsonaro nega ter sido informado sobre Furna da Onça

Senador prestou nesta segunda-feira (20) depoimento, que durou cerca de 40 minutos, sobre vazamento de informações da operação feita no RJ

  • R7 Planalto | Clebio Cavagnolle, da Record TV, com Plínio Aguiar, do R7

Na imagem, senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) durante sessão

Na imagem, senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) durante sessão

Edilson Rodrigues/Agência Senado - 12.06.2019

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) negou nesta segunda-feira (20) em depoimento ao MPF (Ministério Público Federal) ter sido informado com antecedência sobre a Operação Furna da Onça.

Bolsonaro afirma que as acusações do empresário Paulo Marinho são mentirosas e que tem intenções políticas. O senador, contudo, confirmou presença durante reunião realizada em dezembro de 2018 na casa de Marinho, mas que não se tratou do vazamento de informações.

Leia mais: Operação Furna da Onça: MPF diz que Alerj era uma 'propinolândia'

O depoimento, colhido na condição de testemunha, durou cerca de 40 minutos e foi realizado em seu gabinete no Senado Federal, em Brasília.

A operação Furna da Onça mirou parlamentares da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) em 2018 e detectou movimentação financeira atípica nas contas do ex-assessor Fabrício Queiroz.

O empresário Paulo Marinho, ex-aliado da família Bolsonaro, afirmou que a equipe do então deputado estadual recebeu informações vazadas das investigações, apontando Queiroz na mira do Ministério Público.

Veja também: Rede vai ao Supremo contra foro privilegiado de Flávio Bolsonaro

O procurador Eduardo Benones afirmou que as investigações deverão se concentrar agora na atuação de policiais que participaram da operação.

Últimas