R7 Planalto Flávio Bolsonaro posta vídeo do corpo do ex-PM Adriano Magalhães

Flávio Bolsonaro posta vídeo do corpo do ex-PM Adriano Magalhães

Senador sugeriu que miliciano sofreu tortura, uma vez que “foram sete costelas quebradas, coronhada na cabeça, queimada com ferro quente"

Flávio Bolsonaro posta vídeo do corpo do ex-PM Adriano Magalhães

Flávio Bolsonaro posta vídeo do corpo do ex-PM Adriano Magalhães

Waldemir Barreto/Agência Senado

O senador Flávio Bolsonaro (sem partido) publicou nesta terça-feira (18) em sua conta no Twitter um vídeo do suposto cadáver de Adriano Magalhães, ex-capitão do BOPE morto na semana passada no interior da Bahia.

“Perícia da Bahia diz não ser possível afirmar se Adriano foi torturado”, escreve Bolsonaro. Em seguida, sugere que a tortura, de fato, ocorreu, uma vez que “foram sete costelas quebradas, coronhada na cabeça, queimada com ferro quente no peito, dois tiros à queima-roupa”.

Leia mais: 'Capitão Adriano' andava armado por fazenda, dizem moradores

Magalhães foi morto na manhã do dia 9 de fevereiro durante troca de tiros com policiais na cidade de Esplanada. Segundo laudo necroscópico, o corpo do ex-PM estava com duas perfurações por arma de fogo: uma entre o pescoço e a clavícula e a outra no tórax.

O ex-PM é apontado como suspeito de envolvimento no assassinato da ex-vereadora carioca Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes, em 2018. Como policial, Magalhães foi preso três vezes, além de ser acusado de chefiar o Escritório do Crime, milícia que atua na zona oeste do Rio de Janeiro.

Últimas