França envia R$ 3 milhões para combate à covid-19 no Amazonas

Informação dada pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, nesta sexta-feira (3) segue como resposta de vídeo que gravou para 21 chefes de Estado

Prefeito de Manaus (AM), Arthur Virgílio Neto

Prefeito de Manaus (AM), Arthur Virgílio Neto

Reprodução Facebook Arthur Virgílio Neto

O prefeito de Manaus (AM), Arthur Virgílio Neto (PSDB), informou nesta sexta-feira (3) que o governo da França irá enviar aproximadamente R$ 3 milhões para serem investidos no fortalecimento de ações de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus para proteger as etnias indígenas e os povos tradicionais do Amazonas.

A ação francesa ocorre após o prefeito pedir ajuda para 21 chefes de Estado. Neto enviou, no mês passado, vídeo para os líderes solicitando auxílio no enfrentamento à covid-19 dos povos da região amazônica.

Leia mais: Em vídeo, prefeito de Manaus pede ajuda de 21 chefes de Estado

Os recursos foram destinados com base na apresentação de dois projetos: na saúde, será ampliado o atendimento às populações vulneráveis e aos povos indígenas, brasileiros e estrangeiros, com aquisição de equipamentos e insumos, que totalizaram investimento de R$ 1.427.30; na assistência social, o projeto contempla aquisição de cestas básicas para atender mais de 15 mil famílias, com valor estimado em R$ 1.428.571.

“Se não encontro aqui apoio para cuidar da Amazônia, fui buscar ajuda onde as pessoas entendem a importância dos povos que protegem nossa imensa floresta”, disse o prefeito de Manaus.