Gabrilli relata sequelas da covid-19: "dores e espasmos musculares"

Senadora disse também que sofreu 'perda de olfato, paladar e memória recente'. Por isso, prorrogou afastamento das atividades do Senado

Na imagem, a senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP)

Na imagem, a senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP)

Marcelo Camargo / Agência Brasil

A senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) relatou estar enfrentando sequelas da covid-19, como dores e espasmos musculares, e informou a prorrogação de seu afastamento das atividades.

Gabrilli, que é tetraplégica, foi diagnosticada com coronavírus no mês passado. O anúncio de sua contaminação foi lido pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e chamou a atenção para a situação delicada das pessoas com deficiência e seus cuidadores durante a pandemia.

Leia mais: Com covid-19, Mara Gabrilli pede esforços no combate à pandemia

“Sem a parceria e dedicação de uma cuidadora, não poderia sair da cama nem exercer cidadania. Imagine quantos brasileiros não estão passando pela mesma situação. Esse grupo representa uma população mais vulnerável nessa pandemia, justamente por estarem impedidos de adotar 100% o isolamento social. São pessoas que precisam de outras pessoas para serem seus braços, pernas, seus olhos, seu ponto de apoio”, disse a senadora.

Quase um mês depois, Gabrilli agradeceu as mensagens de carinho que recebeu e disse que seu último exame para covid-19 resultou negativo. “No entanto, passado o vírus, ainda tenho algumas sequelas da doença. Durante todo o processo da covid tive muitas dores e espasmos musculares, que continuam muito fortes. As dores me geraram espasmos, que agora me geram mais dores”, disse.

Veja também: Alcolumbre convoca senadores para debater adiamento das eleições

“Com a perda de olfato, paladar e memória recente, percebemos que o vírus afetou meu sistema nervoso. Como ainda continuo com perda de memória recente, vamos estudar o quanto afetou o sistema nervoso”, acrescentou Gabrilli.

“Por isso, seguindo orientações médicas, seguirei afastada das sessões do Senado para dar início ao tratamento  de reabilitação e investigar os danos causados pela covid no meu corpo por inteiro.”