R7 Planalto Governo acompanha com cautela e preocupação eleições dos EUA

Governo acompanha com cautela e preocupação eleições dos EUA

Milhões de americanos vão às urnas nesta terça-feira (3) para votar entre Donald Trump (Republicano) e Joe Biden (Democrata)

Bolsonaro quer se reunir com assessores sobre eleições

Bolsonaro quer se reunir com assessores sobre eleições

Isac Nóbrega/PR - 19.10.2020

O governo federal acompanha com cautela e preocupação as eleições dos Estados Unidos, onde milhões de americanos vão às urnas nesta terça-feira (3) para escolher entre Donald Trump (Republicano) e Joe Biden (Democrata).

A cautela do governo está na possibilidade de judicialização da disputa, isso porque Trump sinaliza que quer levar as eleições à Suprema Corte em caso de eventual derrota para Biden.

Leia mais: EUA abrem eleição presencial após quase 100 mi de votos antecipados

No entanto, assessores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) avaliam que, mesmo que o democrata vença o pleito, é possível construir uma relação pragmática entre Brasil-Estados Unidos, uma vez que os dois países têm interesses mútuos.

A preocupação maior, por sua vez, foi externada por uma pessoa próxima de Bolsonaro, que avalia que a visão de Biden sobre a questão ambiental brasileira e a ameaça de aplicar sanções podem representar um cenário “catastrófico”.

Veja também: Trump x Biden: o que são as 'miragens' vermelha ou azul, cruciais para entender o resultado das eleições nos EUA

Bolsonaro quer reunir assessores no Palácio do Alvorada, em Brasília, durante a noite para acompanhar as apurações das eleições norte-americanas. Assessores da área internacional têm preparado briefings (coleta de informações) sobre a disputa dos EUA.

Últimas