Governo fecha fronteira terrestre do Brasil com vizinhos por 15 dias

Documento foi assinado por ministros da Justiça, Saúde e Casa Civil e vale apenas para estrangeiros. Pena será de deportação. Brasileiros poderão voltar

Fronteira terrestre do Brasil com a Venezuela já havia sido fechada anteiormente

Fronteira terrestre do Brasil com a Venezuela já havia sido fechada anteiormente

Ricardo Moraes/Reuters

Uma portaria assinada pelos ministros da Justiça, Sérgio Moro, da Casa Civil, Braga Netto e da Saúde, Luiz Mandetta, nesta quinta-feira (19), suspende por 15 dias a entrada terrestre ao Brasil de estrangeiros pelas fronteiras da Argentina, Bolívia, Colômbia, Guiana Francesa, Guiana, Paraguai, Peru e Suriname. 

A medida, portanto, não vale para brasileiros que queiram entrar no Brasil por via terrestre vindos desses países. 

A pena aos que descuprimem a norma é de deportação.

Na decisão, o governo informou que será feita uma determinação específica para o Uruguai. A entrada de venezuelanos já havia sido vetada anteriormente. Ao todo, dez países fazem fronteira com o Brasil e a fronteira está fechada, portanto, para nove deles. 

O texto fala ainda que o prazo da medida ser prorrogado, conforme recomendação técnica e fundamentada da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).