R7 Planalto Guedes comemora o resultado do PIB e mantém otimismo 

Guedes comemora o resultado do PIB e mantém otimismo 

Ministro avalia como bons os resultados da economia brasileira, que ficou à frente de países como Alemanha e Reino Unido

  • R7 Planalto | Thiago Nolasco, da Record TV, com Mariana Londres

Guedes comemora o resultado do PIB

Guedes comemora o resultado do PIB

Marcos Corrêa/PR - 05.02.2021

A interlocutores, o ministro da Economia, Paulo Guedes, comemorou o resultado da economia brasileira em 2020. O País teve retração de 4,1% no PIB (soma das riquezas produzidas no País), uma queda menor do que a esperada em um cenário de pandemia. 

Para Guedes, há dois pontos importantes a serem analisados. O primeiro é que o Brasil teve o terceiro melhor resultado no quarto trimestre do ano passado entre as economias mundiais, atrás apenas da China, com crescimento de impressionantes 6,5% nos últimos três meses do ano, e de Israel, com queda de 0,4%. O Brasil teve queda de 1,1% no quarto trimestre.  

O segundo ponto é a colocação do Brasil no resultado do ano: em décimo lugar, atrás da China, o único País que cresceu em ano de pandemia (2%), e Coreia do Sul, Noruega, Indonésia, Israel, Polônia, Suécia, Finlândia, Dinamarca e Estados Unidos, todos com retração menor do que a do Brasil. E na frente, portanto, de grandes economias como Alemanha (-5.3%), Japão (-4,8%) e Reino Unido (-9,9%). 

Já o motivo para o resultado, segundo o ministro, foi a assertividade dos programas econômicos de combate à pandemia: as medidas de proteção ao emprego e as parcelas de auxílio emergencial. 

Para Guedes, a economia brasileira mostrou uma recuperação em V no segundo semestre, mas o cenário de 2021 continua desafiador em função do recrudescimento da pandemia. A previsão inicial da Economia para o crescimento do País neste ano é de 3,6%, mas pode haver revisões em função do andamento da vacinação e reformas. 

Últimas