R7 Planalto Homenagem a Bolsonaro nos EUA pode mudar para Dallas 

Homenagem a Bolsonaro nos EUA pode mudar para Dallas 

Mudança reduziria o mal-estar causado pelo prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio, que criticou e boicotou presença do presidente brasileiro

Homenagem a Bolsonaro nos EUA pode ser feita em Dallas

Homenagem a Bolsonaro nos EUA pode mudar para Dallas

Homenagem a Bolsonaro nos EUA pode mudar para Dallas

Alan Santos/Presidência da República - 19.3.2019

A homenagem que o presidente Jair Bolsonaro receberá da Câmara de Comércio Brasil-EUA no próximo dia 14 pode acontecer em Dallas, no Texas. A articulação para a mudança é feita por aliados do presidente e reduziria o mal-estar gerado após críticas e boicote ao presidente brasileiro pelo prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio

Dallas, assim como Nova Iorque, é comandada por um prefeito democrata. Mas o Estado do Texas é majoritariamente republicano e mais conservador, o que evitaria mais protestos contra Bolsonaro. A cidade de Dallas passa por eleições municipais. O primeiro turno foi no sábado (4). 

Bolsonaro será homenageado com a premiação “Pessoa do Ano”. O evento ocorreria em Nova Iorque, mas a viagem de Bolsonaro foi cancelada na última sexta-feira (3). De acordo com o porta-voz da Presidência, o motivo do cancelamento foi a "ideologização da atividade". Apesar do anúncio oficial, ontem (5) Bolsonaro disse a jornalistas na porta do Palácio da Alvorada que irá aos Estados Unidos. 

O boicote à Bolsonaro em Nova Iorque começou por dois locais, que se recusaram a receber o evento e pela desistência de patrocinadores. O prefeito Bill de Blasio chegou a pedir a um dos locais escolhidos que não recebesse o presidente por considerá-lo um "ser humano perigoso". Após a desistência de Bolsonaro, o prefeito comemorou em sua conta no Twitter.