R7 Planalto ‘Impeachment é prerrogativa do Parlamento’, diz Baleia Rossi

‘Impeachment é prerrogativa do Parlamento’, diz Baleia Rossi

Presidente do PT cobrou candidato sobre compromissos feitos entre os dois partidos para eleição da Câmara dos Deputados

Na imagem, deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP)

Na imagem, deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP)

Luis Macedo/Agência Câmara

O deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP), candidato à presidência da Câmara dos Deputados, afirmou nesta segunda-feira (11), durante agenda em Florianópolis (SC), que o impeachment é uma prerrogativa do Parlamento.

“Uma das prerrogativas do presidente da Câmara é essa e cabe ao presidente analisar todos os pedidos. Eu não acho que podemos fazer um exercício de futurologia", afirmou Baleia.

"Quando eu for presidente da Câmara dos Deputados, se Deus me der essa oportunidade, nós vamos fazer a análise dentro da Constituição. É prerrogativa do Parlamento e nós não podemos abrir mão de nenhuma prerrogativa do Parlamento”, acrescentou.

O tema foi questionado por jornalistas após um atrito, durante o final de semana, entre Baleia e o PT, um dos 11 partidos que o apoiam. A presidente da legenda, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR-PT), cobrou o candidato por causa de uma declaração sobre a possibilidade de abertura do processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Baleia disse, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, que "não há nenhum compromisso, como muitos falam, de abertura de impeachment. É uma mentira". Gleisi, por sua vez, retrucou e, via redes sociais, disse que "dar resposta a crimes do Executivo" faz parte do compromisso da união dos dois partidos para a eleição, que irá ocorrer no início de fevereiro. "Ao negar o que tratamos e fechar essa possibilidade, Baleia perderá votos no PT", afirmou a petista.

Baleia falou também sobre as pautas prioritárias, caso seja eleito. “Temos que continuar nesse esforço de uma agenda com responsabilidade fiscal, de reformas, além de buscar soluções para o enfrentamento da pandemia da covid-19 e da vacina”, disse. O candidato pregou, ainda, o fortalecimento de ações sociais e programas, como o Bolsa Família.

Últimas