R7 Planalto Inquérito do TSE que mira Bolsonaro terá troca de relator

Inquérito do TSE que mira Bolsonaro terá troca de relator

Ministro Mauro Campbell assumirá, em outubro, comando da Corregedoria-Geral, chefiada antes por Luis Felipe Salomão

Na imagem, presidente Jair Bolsonaro

Na imagem, presidente Jair Bolsonaro

Adriano Machado/Reuters - 02.09.2021

O ministro Mauro Campbell assumirá, em outubro, o comando da Corregedoria-Geral do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e, com isso, a relatoria dos casos, entre eles o inquérito que mira o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O mandato do atual corregedor, ministro Luis Felipe Salomão, termina em 29 de outubro. A Corregedoria é sempre exercida por um ministro proveniente do STJ (Superior Tribunal de Justiça). Atualmente, Campbell é o magistrado mais antigo do STJ que também compõe o plenário do TSE.

A nova gestão, comandada por Campbell, indicado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), herdará a relatoria dos casos. Entre eles o inquérito administrativo que investiga os ataques de Bolsonaro ao sistema eletrônico de votação - uma das medidas mais extremas que pode resultar é a inelegibilidade do presidente em 2022. 

Últimas