R7 Planalto Jean Wyllys diz que foi caluniado por Ratinho e que vai processá-lo

Jean Wyllys diz que foi caluniado por Ratinho e que vai processá-lo

Ex-deputado usa citação de suposta 'fake news' de apresentador em programa com ministro Sérgio Moro para acusá-lo de calúnia e difamação

Jean Wyllys vai processar Ratinho por 'fake news' citada em programa

Jean Wyllys vai processar Ratinho por 'fake news' citada em programa

Montagem/Folhapress/Deivulgação

O ex-deputado Jean Wyllys vai processar o apresentador Ratinho por calúnia e difamação em suposta divulgação de notícias falsas, as chamadas "fake news" em seu programa.

O deputado usou sua conta no Twitter para confirmar a informação, republicando uma reportagem contendo a informação.

Durante a entrevista com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, Ratinho comentava sobre o vazamento de conversas de seu convidado, quando ainda era juiz federal, com o procurador federal Deltan Dallagnol, quando afirmou:

— Eu estava lendo, não sei se é fake news, que está vinculado a um milionário russo, que deu dinheiro para um jornalista muito conhecido. Esse jornalista é namorado de um deputado e comprou o mandato do deputado Jean Wyllys. Tudo isso eu recebi, não sei se é fake news. Recebi! Se for verdade, é muito maior do que a gente imagina. Porque envolve outro país

Wyllys vê esta fala como caluniosa. Tal informação começou a circular na última segunda-feira (17), quando uma página chamada "O Pavão" a divulgou. No dia, o assunto "Pavão Misterioso" chegou a ser um dos mais comentados do país no Twitter.

Procurada, a assessoria do apresentador Ratinho não se pronunciou sobre o caso.