João Capi e Josiel Alcolumbre estão empatados em Macapá, diz pesquisa

Capi é o candidato mais rejeitado pelos eleitores, com 27%, de acordo com RealTime Big Data 

Na imagem, pré-candidato João Capiberibe (PSB)

Na imagem, pré-candidato João Capiberibe (PSB)

Geraldo Magela/Agência Senado - 31.03.2014

Pesquisa realizada pelo RealTime Big Data, encomendada pela Record TV, sobre os candidatos à Prefeitura de Macapá (Amapá) em votação simulada aponta João Capiberibe (PSB) empatado tecnicamente com Josiel Alcolumbre (DEM), com 17% e 16% das intenções de voto, respectivamente.

Em terceiro e quarto lugares estão Patrícia Ferraz (Podemos) e Dr. Furlan (Cidadania), com 12 e 11%. A pesquisa mostra Cirilo Fernandes com 9%, Gianfranco, 3%, assim como Paulo Lemos. Guaracy e Haroldo Iram, ambos com 2%, e professor Marcos, 1%. Nulos e brancos, 13%, e não sabem ou não responderam, 11%.

Relembre: João Capiberibe lidera corrida eleitoral em Macapá, diz pesquisa

A pesquisa questionou os entrevistados também em votação espontânea. Nesse formato, Capi recebeu 10% das intenções de voto, Josiel, 6%, Cirilo Fernandes e Patrícia Ferraz, 4%, Clécio, 3%, Dr Furlan, 2%, outros, 3%. Não sabem ou não responderam, 56%, e brancos e nulos, 12%.

Rejeição

Líder na pesquisa espontânea e empatado na simultânea, Capi, contudo, é o primeiro também no índice de rejeição, com 27%. A lista segue com Josiel (12%), Cirilo (10%), Patrícia (6%), Dr Furlan (5%), Paulo Lemos (4%), Gianfranco (3%), Guaracy e professor Marcos (2%) e Haroldo (1%). Não sabem ou não responderam, 6%; não rejeita nenhum, 8%; rejeita todos, 14%.

Pesquisa sobre candidatos à Prefeitura de Macapá

Pesquisa sobre candidatos à Prefeitura de Macapá

Reprodução

Pesquisa

A pesquisa foi feita entre os dias13 a 15 de outubro de 2020. Foram ouvidos, ao todo, 600 pessoas. A pesquisa tem margem de erro de quatro pontos e nível de confiança de 95%. O número de registro, por sua vez, é AP 01326/2020.