Eleições 2022

R7 Planalto José Luiz Datena deixa o PSL e vai para o PSD disputar o Senado

José Luiz Datena deixa o PSL e vai para o PSD disputar o Senado

Apresentador havia se filiado à antiga legenda do presidente Jair Bolsonaro com a intenção de ser candidato ao Palácio do Planalto

  • R7 Planalto | Plínio Aguiar, do R7

Na imagem, o apresentador José Luiz Datena

Na imagem, o apresentador José Luiz Datena

Reprodução/Instagram

O apresentador José Luiz Datena anunciou que vai deixar o PSL, partido ao qual se filiou em julho deste ano, e migrar para o PSD, de olho em uma vaga ao Senado por São Paulo em 2022. 

“Vou deixar o PSL e vou para o PSD, que é o partido do [Gilberto] Kassab. Isso está definido. Mas vou ser candidato, possivelmente, ao Senado. Mas isso quem vai anunciar é o Kassab, presidente do partido”, afirmou o apresentador na TV.

“Confirmo que vou ser candidato mesmo. A quê? Ao que o partido definir. Por enquanto, o candidato [à Presidência] é o Rodrigo Pacheco, mas, se quiserem que eu ajude, posso ajudar. Mas desde o começo, desde quando comecei a conversar com o PSL, conversei com a Janaina [Paschoal], que me fez um convite, eu disse que o meu objetivo era o Senado. Ela queria que eu fosse candidato ao governo, mas o meu objetivo sempre foi, de fato, o Senado”, acrescentou.

Em julho deste ano, o apresentador havia se filiado ao PSL, antiga legenda do presidente Jair Bolsonaro, com a intenção de ser o candidato ao Palácio do Planalto pelo partido no ano que vem. No entanto, a fusão da sigla com o DEM, que resultará no União Brasil, desagradou a Datena.

“O partido [PSL] é que me deu a incumbência de ser candidato a presidente, e assim foi, mas depois teve essa fusão com o DEM. Não que eu não goste do que esteja acontecendo, mas não é mais problema meu. Eu espero que o país seja cada vez maior”, disse Datena.

O pedido de desfiliação de Datena ainda não foi entregue ao PSL. A reportagem apurou que a migração do apresentador foi recebida com surpresa por lideranças do partido, entre elas o presidente, Luciano Bivar (PE).

Últimas