Julgamento do STF que pode libertar Lula só deve terminar amanhã

Discussão sobre ordem das manifestações finais de réus e delatores nas ações penais tem como base a liberdade dada a Bendine

STF iniciou nesta terça-feira (25) julgamento que pode libertar Lula

STF iniciou nesta terça-feira (25) julgamento que pode libertar Lula

STF

O julgamento no STF (Supremo Tribunal Federal) que pode livrar o ex-presidente Lula e mais 142 réus presos pela Operação Lava Jata da cadeia deve acabar somente amanhã (quarta-feira, 26).

Esta é a expectativa de boa parte dos ministros da Corte, sendo que Luís Roberto Barroso julga que este término ágil se dará apenas "com sorte".

A discussão é sobre a ordem das manifestações finais de réus e delatores nas ações penais, tomando como base o precedente estabelecido anteriormente, em julgamento similar, que anulou a condenação de Bendine pela segunda turma.

Fontes do STF dizem que a tendência é de 6 a 7 votos a favor da mudança do entendimento atual, o que anularia boa parte das condenações da Lava Jato.